Carreira

GuardeAqui é opção para o empreendedorismo no setor de moda sustentável

As novas tendências da moda vão muito além da beleza estética dos modelos de roupa. Hoje uma grande parte dos consumidores se preocupa e busca produtos que respeitem o meio ambiente e sejam produzidos de forma sustentável e racional. A chamada “moda ecologicamente correta” vem ganhando cada vez mais espaço.

Para quem está de olho nesses números as opções para empreender no ramo da moda nesse segmento são muitas: bolsas, sapatos, camisetas e bijuterias produzidos a partir de matéria prima reciclada. Um dos clientes do GuardeAqui, maior empresa de self storage do País, é a Green Flip Flops. A empresa produz chinelos 100% recicláveis e feitos da resina de PVC, único material plástico que não é 100% originário do petróleo e contém a maior parte do seu peso de cloro, obtido do sal marinho (recurso renovável da natureza). Reúne, em toda sua linha comercial, versatilidade, resistência e design.

“Antes do GuardeAqui, usávamos um galpão para guardar os nossos produtos, mas o acesso era complicado”, conta Eduarda Ribeiro, gerente comercial da Green Flip Flops. No GuardeAqui apenas o empreendedor e o staff que ele autorizar têm acesso ao box locado, podendo organizar todos os itens em ambiente arejado, limpo, claro, seguro e, o melhor, sem os custos de condomínio, IPTU, água e luz.

A companhia nasceu no Rio de Janeiro e utiliza a unidade de São Cristóvão para organizar seu estoque. “Escolhemos o GuardeAqui pelo atendimento, logística e preço. Quando chegarmos em São Paulo, provavelmente manteremos a parceria com a empresa”, diz a empreendedora.

Seja para uma loja física ou, principalmente, para o comércio virtual, o GuardeAqui aluga a esses empreendedores espaços para armazenagem que funcionam para o estoque e também como centro de distribuição, principalmente nos grandes centros urbanos, onde os deslocamentos são cada vez mais complicados.

“Apenas o contratante e pessoas que ele autorize têm acesso ao box e é possível organizar os produtos em ambiente arejado, limpo, claro, seguro e, o melhor, sem os custos de IPTU, água e luz”, diz Allan Paiotti, CEO do GuardeAqui. Com 15 unidades espalhadas em grandes centros urbanos do País, como São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, a empresa planeja ter 50 unidades até 2020, com investimentos até lá na casa do R$ 1 bilhão.


Compartilhe!